domingo, 4 de janeiro de 2009

PRISÃO



Estou a tentar ser herói

na idade do instantâneo.

Tentei todos os rumos

todos os caminhos,

mas nunca fugi de mim.

Conheci mil pessoas,

perdi pedaços de mim e delas.

E agora, rogo, imploro, rastejo!

Vazios, campos, cidades, Mundo!

Despedacem-me

daqui até ao absurdo!

Alexandre Fonseca

1 comentário:

Juiz disse...

O juiz já sentenciou no verdade das cinco. Para o bem da Mealhada tomou posição sobre vários intervenientes da vida mealhadense!...